Gilson Garreto

Gilson Garreto

sábado, 20 de dezembro de 2014

Até que em fim!!! Presidente do sindicato dos pescadores se manifesta, e segunda feira dia (22), vai conceder uma entrevista para o programa do Jota, as 9:00 horas da manhã na Rádio Nova Cidade FM.


O presidente do sindicato dos pescadores se manifesta, e segunda feira dia (22), vai conceder uma entrevista para o programa do Jota, as 9:00 horas da manhã na Rádio Nova Cidade FM.

Ele vai falar sobre a visita da polícia federal no sindicato dos pescadores na última quinta feira dia (18).

Até agora todo mundo fica se perguntando, o que aconteceu de errado no sindicado dos pescadores que a federal deu um verdadeira varredura total lá no sindicato? E o presidente nem apareceu lá...

Vamos ouvir o que ele tem de falar sobre esse assunto da federal lá no sindicato...

ENTREVISTA EXCLUSIVA SEGUNDA FEIRA DIA (22), AS 9:00 HORAS DA MANHÃ NO PROGRAMA DO JOTA.

É AGUARDAR PRA CONFERIR...

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Direito de resposta: secretário do governador Arnaldo Melo esclarece sobre descumprimento judicial

Secretário Marcos Fernando Jacinto
Secretário Marcos Fernando Jacinto
Recebi um e-mail da Assessoria da Secretaria de Gestão e Previdência do Maranhão, sobre a postagem “Bomba, Bomba e Bomba! Secretário do Governo Arnaldo Melo pode ser preso”, e publicarei na íntegra o esclarecimento do secretário Marcos Fernando Jacinto. Veja abaixo:

A Secretaria de Estado da Gestão e Previdência (Segep), em atenção aos Servidores Públicos Estaduais do Maranhão, informa:

1- O processo licitatório para contratação de empresa especializada para prestação de serviços de crédito consignado iniciou-se em 04/08/2014 e transcorreu em acirrada concorrência entre dois licitantes;

2- Nesse processo, houve reclamação ao Tribunal de Contas do Estado/TCE por umas das licitantes e impetração de mandado de segurança no Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) por ambas as concorrentes;

3- O primeiro mandado de segurança, MS nº 48799/2014, cuja impetrante foi a Expressocard Administradora de Cartões Ltda, obteve liminar de relatoria de ilustre Desembargador, em 21/10/2014, que sinteticamente determinou a suspensão de decisão anterior do Tribunal de Contas do Estado, de modo que fosse dado prosseguimento ao Pregão 18/2014 CSL/Segep.

4- Em fiel cumprimento a esta decisão foi dado prosseguimento ao pregão resultando na contração da empresa vencedora do certame – Expressocard – em 05/11/2014 com a consequente publicação de todos os atos legais no diário oficial do estado, em 06/11/2014.

5- A segunda decisão judicial, proferida em 05/12/2014, MS. nº 53202/2014, por outro iminente desembargador, desta vez impetrada pela empresa Consignum Programa de Controle e Gerenciamento de Margem Ltda, em 07/11/2014, quando já havia se realizado todos os atos pertinentes ao pregão, determinou:

“suspensão do pregão presencial n. 18/2014 CSL/Segep, ou, na hipótese de já ter sido homologada a licitação, determinar que a administração se abstenha de contratar a Expressocard Administradora de Cartão Ltda, até que julgado o mérito do presente mandamus.”

6- Entre os dois mandatos de segurança transcorreram 44 dias, período no qual já havia se consumado todas as medidas determinadas no primeiro mandato de segurança (prosseguimento e finalização do pregão).

7- Em total respeito à segunda decisão proferida (MS nº 53202/2014), tendo em vista que a homologação e contratação da licitante vencedora ocorreram um mês antes de sua decisão, restou a Segep informar, em juízo, os fatos consumados, não havendo como retroceder no tempo, cabendo aguardar a decisão de mérito dos processos.

8- A Procuradoria Geral do Estado (PGE) tomou conhecimento, por meio desta Segep, de todos os atos informados e ingressou em juízo com a competente contestação nos autos do MS nº 53202/2014.

9- Há que se esclarecer que o sistema de consignação contratado já se encontra implantado e operando.
Por fim, esta Secretaria de Estado da Gestão e Previdência reafirma sua conduta de total obediência e respeito às decisões emanadas pelo Poder Judiciário.

São Luís, 19 de dezembro de 2014

Professora de São Luís Gonzaga é presa acusada de agiotagem

Thiago Salgado, delegado titular da cidade de São Luís Gonzaga do Maranhão, cumpriu naquela cidade mandado de prisão em desfavor da professora identificada como Maria Neide, que ao lado do esposo Wagner Marques de Carvalho, são acusados do crime de agiotagem praticado há anos contra idosos e analfabetos.

A Polícia Civil começou a desvendar o caso ainda em novembro desse ano após cumprir outro mandado expedido pela Justiça, dessa vez de busca e apreensão. O delegado juntamente com seus investigadores esteve na residência do casal, localizada no centro da cidade, e lá foi feita uma minuciosa revista em todos os cômodos. Como a polícia suspeitava, havia vasto material característico de quem pratica a agiotagem, como 60 cartões magnéticos (bancário e do programa federal Bolsa Família); 70 folhas de cheques; R$ 5.000,00 (cinco mil reais) em espécie; 30 aparelhos celulares; relógios e joias.

Na época, ao tomar conhecimento da ação policial, dezenas de vitimas se dirigiram à delegacia no intuito de reaver seus cartões ou objetos. Diante da situação o delegado Thiago Salgado aproveitou para ouvi-las, e o teor dos depoimentos serviu como base para que os mandados de prisão contra os dois fossem expedidos.

Maria Neide recebeu voz de prisão, nesta quinta-feira (18), no momento que estava sentada tranquilamente na porta de casa. Já Wagner Marques de Carvalho não foi encontrado no local, e, segundo sua esposa, ele havia vindo à Bacabal.

Na oportunidade os policiais fizeram outra revista na residência e novamente encontraram cartões magnéticos e a quantia de R$ 5.000,00 (cinco mil reais).
Maria Neide é lotada na Secretária Municipal de Educação há 33 anos. Wagner também é servidor público e trabalha como vigilante.

Os dois têm vários imóveis em São Luís Gonzaga.

Após colocar Maria Neide atrás das grandes a polícia tenta agora encontrar Wagner Marques de Carvalho que até o momento se encontra foragido.
 
Fonte: Blog do Sérgio Matias

Bomba, Bomba e Bomba! Secretário do Governo Arnaldo Melo pode ser preso

Secretário Marcos Fernando Jacinto
O governador do Maranhão por 13 dias, Arnaldo Melo (PMDB), corre um grande risco de ver um membro do primeiro escalão da sua equipe de secretariado, nas páginas policiais.
É que o secretário de Gestão e Previdência do Estado, Marcos Fernando Jacinto, vem descumprindo uma ordem judicial, que poderá resultar no seu pedido de prisão a qualquer momento.

O Blog do Luis Pablo apurou que Marcos Fernando e o seu adjunto, vem desrespeitando uma decisão do desembargador Guerreiro Júnior, que determinou a imediata suspensão de contratação da empresa Expressocard Administradora de Cartões Ltda.

Essa empresa foi escolhida em pregão eivado de nulidades, com a finalidade de realizar empréstimo em consignação para os servidores do Estado.

Ocorre, que ao descumprir a lei, no intuito de manter a Expressocard – sabe-se lá por qual motivo ou interesse pessoal, o secretário de Gestão e Previdência deixa os funcionários do Estado impossibilitados de realizarem empréstimos consignados.

E isso tudo justamente em pleno fim do ano, em que grande parte dos servidores fazem empréstimos para resolverem seus problemas financeiros.

Será que o governador Arnaldo Melo está ciente que seu secretário vem se fazendo de cego, surdo e mudo, diante de uma ordem judicial? Ou será que governador vai ser conivente com seu auxiliar e deixar os servidores passarem um Natal sem tocar os sinos?

É bom Arnaldo Melo tomar as medidas cabíveis. Do contrário, verá o seu governo virar notícia negativa na grande imprensa nacional, com um secretário de Estado sendo preso por descumprir a lei.


 Fonte: blog do Luis Pablo

Abaixo a decisão:
001
002
003
006
004
005

Justiça absolve João Castelo por denúncias de improbidade administrativa

Castelo é absolvido do primeiro processo julgado
após sua passagem pela Prefeitura de São Luís.
Após uma longa instrução processual, o juiz de direito Clésio Cunha, da 1ª Vara da fazenda Pública, reconheceu improcedente o processo (41637-89.2011.8.10.0001) movido pelo Ministério Público que pedia a condenação do ex-prefeito de São Luís, João Castelo Ribeiro Gonçalves. Na ação, o MP acusava Castelo de ter cometido crime de improbidade administrativa na condução de contratos de recuperação, reconstrução de pavimentação asfáltica.

Entenda o caso

O Ministério Público ajuizou a denúncia por considerar irregular o processo originado pelo decreto 36.635/2009, que resultou na contratação da empresa Pavetec. De acordo com o MP, ocorreu uma dispensa indevida e direcionamento de licitação, o que incorreria em crime de improbidade administrativa. 

Na época, a Pavetec venceu a concorrência pública Nº 003/2010 e iniciou serviços em quase todas as principais vias de São Luís. O processo foi questionado pelo MP por conta dos valores envolvidos e resultou na ação. A empresa também figurava como ré no processo. 

Nesta quinta-feira (18) a Justiça julgou as denúncias improcedentes e reconheceu que as ações da prefeitura não resultaram em prejuízos. Clésio Cunha ainda ressaltou que não foram apresentados quaisquer indícios de enriquecimento ilícito, comprovação de perdas para o erário público ou provas de má fé do agente público envolvido, no caso o ex-prefeito João Castelo. Sendo assim, afirmou que as denúncias não possuíam o embasamento necessário para que fosse reconhecido o crime de improbidade administrativa e julgou improcedentes as denúncias do MP, absolvendo João Castelo e todos os envolvidos no processo. 

Este é o primeiro processo julgado referente à passagem de João Castelo pela Prefeitura de São Luís. Confira a decisão do juiz Clésio Cunha em anexo.

TRE-MA diploma candidatos eleitos de 2014 nesta sexta-feira

O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão diploma em sessão solene, que ocorrerá a partir das 16h00, no Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana. Os diplomas serão entregues pelos membros do TRE-MA e das Comissões de Propaganda e de Poder de Polícia.

Serão diplomados 80 candidatos, sendo: 1 governador, 1 vice, 1 senador (primeiro e segundo suplente), 18 deputados federais e 42 deputados estaduais, além do primeiro suplente de cada partido e/ou coligação.

Em nome da Justiça Eleitoral discursará o desembargador Froz Sobrinho e pelos diplomados o governador eleito Flávio Dino.

Os diplomados serão chamados de acordo com a ordem de votação na urna eletrônica. Já os diplomados aos cargos proporcionais serão chamados pela coligação e/ou partido que obteve maior número de candidatos eleitos e pela ordem decrescente de votação. Fonte: TRE-MA

SENADOR, VICE-GOVERNADOR E GOVERNADOR

Pela coligação Todos Pelo Maranhão (PP, SD, PROS, PSDB, PC do B, PSB, PDT, PTC e PPS):
Senador Roberto Coelho Rocha e os suplentes José Eleonildo Soares e Paulo Henrique Campos Matos; vice-governador Carlos Orleans Brandão Júnior e o governador Flávio Dino de Castro e Costa.

DEPUTADOS ESTADUAIS

Pela coligação Pra Frente Maranhão 2 (PMDB, DEM, PTB, PV, PT do B, PSC, PRTB e PR – 16 diplomados):
Josimar Cunha Rodrigues, Andréa Trovão Murad Barros, Antonio Pereira Filho, José Roberto Costa Santos, Edilázio Gomes da Silva Júnior, Nina Ceres Couto de Melo, Leoarren Túlio de Sousa Cunha, José Max Pereira Barros (representado no ato pelo seu filho Gustavo Araújo Barros), José Adriano Cordeiro Sarney, Stênio dos Santos Rezende, Rigo Alberto Teles de Sousa, Rogério Rodrigues Lima, César Henrique Santos Pires, Marcus Vinícius de Oliveira Pereira, Fábio Henrique Ramos Braga, Hemetério Weba Filho e o suplente Camilo de Lellis Carneiro Figueiredo;

Pela coligação Todos Pelo Maranhão 4 (PSB, PDT, Pc do B, PSDB – 9 diplomados):
Humberto Ivar Araújo Coutinho, Ubirajara do Pindaré Almeida Sousa, José Arimatéa Lima Neto Evangelista, Fábio Henrique Dias de Macedo, Raimundo Soares Cutrim, Valéria Maria Santos Macedo, Marco Aurélio da Silva Azevedo, Sérgio Barbosa Frota, Othelino Nova Alves Neto e o suplente Rafael de Brito Sousa

Pelo Partido Republicano Brasileiro (PRB – 3 diplomados):
Glalbert Nascimento Cutrim, Ana de Nazaré Pereira Silva Macedo Mendonça, Jesuíno Cordeiro Mendes Junior e o suplente Antônio de Pádua Ferreira Barros;

Pela coligação Força Jovem (PRP, PSDC e PTN – 3 diplomados):
Francisco de Sousa Dias Neto, Alexandre Vicente de Paula Almeida, Paulo Roberto Almeida Neto e o suplente Marcos Antonio de Carvalho Caldas;

Pela coligação Vamos Juntos Maranhão (PEN, PMN, PHS e PSD – 3 diplomados):
Eduardo Salim Braide, José Carlos Nobre Monteiro (que será representado pelo senhor Márcio Vinnicius Prestes Andrade), Ricardo Tadeu Ribeiro Pearce e suplente José Benedito Pinto (que receberá, a pedido, o seu diploma na Secretaria do TRE em data posterior);.

Pela coligação Mudança Para Um Novo Maranhão (PP, PROS, SD e PPS – 3 diplomados):
Carlos Wellington de Castro Bezerra, Levi Pontes de Aguiar, Roberto Campos Filho e o suplente João Luciano Silva Soares;

Pelo Partido Social Liberal (PSL – 2 diplomados):
Edson Cunha de Araújo, Maria da Graça Fonseca Paz e o suplente Raimundo Nonato Gonçalves da Silva;

Pelo Partido dos Trabalhadores (PT – 2 diplomados):
José Inácio Sodré Rodrigues, Francisca Ferreira e o suplente Yglésio Luciano Moysés Silva de Souza;

Pelo Partido Trabalhista Cristão (PTC – 1 diplomado): Edivaldo de Holanda Braga e o suplente Domingos Erinaldo Sousa Serra;

DEPUTADOS FEDERAIS

Pela coligação Pra Frente Maranhão 1 (PMDB, DEM, PTB, PV, PRB e PR – 7 diplomados):
Hildo Augusto da Rocha Neto, Cleber Verde Cordeiro Mendes, José Sarney Filho, Pedro Fernandes Ribeiro, Carlos Victor Guterres Mendes, João Marcelo Santos Sousa, José Alberto Oliveira Veloso Filho e o suplente Davi Alves Silva Júnior;

Pela coligação Todos Pelo Maranhão 3 (SD, PP, PC DO B, PPS, PSDB e PSB - 5 diplomados):
Eliziane Pereira Gama Ferreira, Rubens Pereira e Silva Júnior, José Reinaldo Carneiro Tavares, Waldir Maranhão Cardoso, João Castelo Ribeiro Gonçalves e a suplente Luana Maria da Silva Costa;

Pela coligação Democrata Trabalhista (PSL, PSDC, PRP, PTN e PRTB – 2 diplomados):
José Juscelino dos Santos Rezende Filho, Aluisio Guimarães Mendes Filho e o suplente Ricardo Ceppas Archer (representado no ato pelo senhor Ediviges Costa Ferreira);

Pela coligação Por Um Maranhão Mais Forte (PEN, PMN, PHS, PSC e PT do B – 2 diplomados):
André Luis Carvalho Ribeiro, Antonio da Cruz Filgueira Júnior (representado no ato pelo senhor José de Ribamar Mendes) e o suplente Ildon Marques de Souza;

Pela coligação Pra Seguir em Frente com muito mais mudança (PT e PSD – 1 diplomado):
José Carlos Nunes Júnior e o suplente Cláudio José Trinchão Santos (representado neste ato pela senhora Ellem Mara Teixeira de Sousa);

Pela coligação Todos Pelo Maranhão 2 (PDT, PTC e PROS – 1 diplomado):
Weverton Rocha Marques de Sousa e o suplente Julião Amin Castro.

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Bomba, bomba e bomba! A polícia federal está em Alto Alegre do Maranhão no sindicato dos pescadores.

 
Hoje quinta feira dia (18), por volta das 10:00 horas da manhã a polícia federal chegou na cidade de Alto Alegre do Maranhão.

O destino da polícia foi logo ao sindicato dos pescadores da cidade, chegando lá, segunda informações que repassaram ao titular do blog do Jota Luiz, a polícia não perdeu tempo, fez uma varredura total nos documentos do sindicato. E a procura do presidente do sindicato, mas o mesmo não estava presente, somente funcionários.

O titular do blog, desde dar hora que recebeu essas informações imediato tentou entrar em contato com alguém do sindicato, mas infelizmente ninguém atendeu a ligação do mesmo.

Procuramos falar com alguns sócios do sindicato, mas ninguém quis falar sobre o assunto, preferi fica calado.






 Será por qual motivo a federal estava hoje no sindicato dos pescadores?

Uma coisa eu digo, isso é estranho...

Agora só resta aguardar pra conferir..

Aguarde novas informações 

Assaltantes são baleados pela Policia em São Domingos -MA



Uma Moto Honda Bros foi tomada de assalto de um oficial de justiça em são Domingos do Maranhão, manhã da ultima quarta feira (17),  na altura do Km 370 da BR 135, a Policia Militar foi acionada e logo em seguida saiu em perseguição dos assaltantes, quando um  dos elementos tentou intimidar a policia sacando uma arma de brinquedo.
 
Os assaltantes foram levados para o Hospital Municipal Dr. Carlos Macieira em São Domingos, Werlem Oliveira Matos de 23 anos, de Presidente Dutra, e Gleison Sousa Alves de 24 anos do povoado Angical, uma aglomeração de pessoas, compareceram na frente do hospital, querendo linchar um dos elementos, Werlem oliveira, que estava sendo transferido para o Hospital de Urgência e Emergência o Socorrão de presidente Dutra.

Fonte: São Domingos Notícias